TAG: O que tem na minha bolsa?

Sou viciada em bolsas. Tem gente que não resiste a sapatos, a maquiagem (er, também faço parte deste time kkk), a roupa… e por aí vai. Minha fraqueza são bolsas. A cada nova compra acho que encontrei o que estava procurando a minha vida inteira. Até enjoar dela. E lá vou eu caçar pela melhor bolsa do mundo de novo. Hahaha. Acho que o que a mulher leva na bolsa (fora o acessório em si) reflete muito da sua personalidade, por isso adoro tanto e resolvi responder a #TAG “O que tem na minha bolsa?”.

Minha paixão do momento é este modelo da Love Moschino, que estava na minha wishlist de Natal, lembram? Ela vem com essa bolsinha vermelha, mas normalmente uso sem. Não achei que meu marido fosse fazer esse agrado porque, no ano passado, ele já tinha me comprado uma outra bolsa menor; sucumbindo ao argumento de que eu precisava de uma e não tinha – sempre gostei das XXL. Até quando decidi que não gostava mais (#geminiana). Hahaha. Só que a que ele me deu é rosinha, quase nude, e eu queria voltar para o preto. Por que eu tento “sair” dele é algo inexplicável, porque eu sempre quero o preto. E aí vocês já têm a explicação do motivo da minha carteira ser rosa. Acabei não trocando de uma bolsa para outra, mas estou amando ter carteira compacta!

Como decidi reduzir o tamanho da bolsa, tive que escolher bem o que levaria dentro dela. Chega de nécessaire de maquiagem, de “primeiros socorros”, de carteira gigante e de tranqueira que, vamos ser sinceras, você nunca usa e só ocupa peso e pesa nas suas costas. Melhor coisa da vida. Agora só levo o que preciso e em versão miniatura! Gel anti-séptico, creme para as mãos, creme para a cutícula (sou um pouco viciada neles), rímel, corretivo, iluminador e até lencinhos de papel em mini formato. O óculos de sol também perdeu a case pesada e agora só vai no saquinho de pano para proteger as lentes.

Outra dica para quem quer diminuir a quantidade de coisas dentro da bolsa, é escolher produtos versáteis. Por exemplo, esse balm da Revlon é bem pigmentado e com uma textura super cremosa, se eu passar um pouquinho nos dedos e espalhar com batidinhas, dá aquela coradinha nas bochechas e me livra de ter que levar um blush. Se tivesse que escolher só uma make para levar na bolsa, seria este produto.

Mas os meus itens favoritos são, na verdade, as polaroids que sempre levo comigo. Amo essas fotos. Também tenho apego ao bloquinho de notas que parece um livro antigo (que tem em qualquer papelaria aqui, mas esse foi comprado no castelo de Angers) e o meu xodó é essa caneta do castelo de Versailles. Meus fones de ouvido, celular e chaves ficaram de fora porque eles passam a maior parte do tempo em algum canto da casa e só estão aí dentro da bolsa quando vou para a rua.

Gostaram de dar essa espiada dentro da minha bolsa? Me contem nos comentários se vocês também gostam de bolsas e o que não pode, de maneira alguma, faltar dentro da sua! Se tiver respondido esta tag no seu blog, deixe o link aqui embaixo, vou adorar ir lá xeretar! Hahaha.

Continue Reading

TAG: meu animal de estimação

Ela ainda não apareceu aqui no blog, mas é presença garantida no meu Instagram (@jujgarzon, segue lá!) e no Snapchat (jugarzon). Como hoje ela foi particularmente fofa e não saiu do meu lado (hahaha) resolvi responder esta TAG e falar da minha fofura para vocês!

Perguntas:

1. Qual é o nome do seu animal de estimação?

Lady Coco de Crocs Minilus.

Sem brincadeira!

Calma, eu explico. Aqui na França, existe o LOF (Livro de Origens Francês), que é o registro de todos os cachorros “de raça”. De acordo com a legislação, todos os nomes dos cães nascidos em determinado ano devem começar com a mesma letra, seguindo o alfabeto. Por exemplo, no ano passado era L, então fomos obrigados a registrá-la com um nome que começasse com esta letra.

O problema é que eu já tinha colocado na cabeça que queria uma cadelinha chamada Coco, que nem Coco Chanel, e aí quebramos um pouquinho a cabeça para achar uma boa combinação. A parte “de Crocs Minilus” foi dada pelo criador por causa da origem e do pedigree dela (mais sobre isso na pergunta #4). Mas no dia a dia não tem esse “fru-fru” todo, é só Coco, mesmo.

2. Qual é a espécie e a raça dele(a)?

Bulldog francês.

3. Qual é a idade?

Quase nove meses. Ela veio para casa com apenas dois.

4. Como você o adquiriu?

Tinha decidido que iria adotar. Passei um ano entrando todas as semanas nos sites de abrigos locais e procurando um amiguinho. O problema é que moramos num apartamento relativamente pequeno; às vezes ficamos em casa o dia inteiro, de vez em quando saímos de manhã para voltar à noite e por aí vai. Ou seja, precisávamos de um animal pequeno que não fosse sofrer com o espaço reduzido e que pudesse se adaptar ao nosso estilo de vida para que ninguém se prejudicasse.

Não achei. Durante um ano inteiro eu não consegui sentir aquela “conexão”, sabe? E aí, um dia, procurando por filhotes desnorteadamente (porque não aguentava mais viver sem um cachorro), me deparei com essa foto e disse “é ela!”:

buldogue_Francês

Gente, olha essa cara! Na hora fiz o meu marido ligar e perguntar se ela estava disponível, com o coração pesado pois tinha certeza de que ela já teria dono. Só que não! Fomos visitar o criador (a duas horas e meia daqui!), conhecemos a mamãe dos filhotes, pedimos para ver o pai e as condições do local onde os cachorros normalmente ficam.

Tive que trabalhar muito na minha cabeça o fato de que iria pagar pelo filhote. Sei que muita gente é contra os canis e eu mesma tenho os meus questionamentos sobre esta atividade. Eu tentei, mas não deu certo. Então preferimos buscar uma boa criação, com animais bem tratados e saudáveis. O pedigree não era nem de longe uma exigência. Acontece que nas nossas pesquisas, descobrimos que a França tem um problema grave com o tráfico de animais domésticos. As pessoas os trazem do leste europeu, misturam irresponsavelmente as raças e os vendem à quem quiser. Esse descuido, além de cruel por poder causar problemas na saúde dos bichinhos, acarreta também em despesas que poderiam ser evitadas. Por isso, o pedigree (ou o LOF, como dizem aqui), é uma garantia de que não alimentamos essa atividade ilegal.

5. O que ele (a) mais gosta de comer?

Ela é um dragãozinho que come tudo, até pedra. De verdade, dá dó depois. Claro que só damos ração e de vez em quando um biscoitinho para limpar os dentes – absolutamente nada de comida humana – e ela devora tudo.

6. Há quanto tempo você tem seu animal de estimação?

Sete meses, mas parece uma vida!

7. O que ele (a) faz que é muito engraçado/fofo?

Ela é hilária, sempre tento filmar o que ela apronta e postar no Snapchat (jugarzon) porque é engraçado demais. Hoje, por exemplo, ela pegou a cobertinha, enrolou na cadeira e depois começou a puxar, tipo cabo de guerra. Ontem ela jogou futebol (também com a cobertinha). Mas uma das coisas mais engraçadas que ela faz é ficar tão feliz que ela precisa correr. Ela fica louca e sem noção alguma de espaço, sai batendo em tudo. Também já filmei isso.

8. Como é a sua relação com seu animal de estimação?

Sem a Coco eu já teria enlouquecido. Como tenho trabalhado em casa desde fevereiro, ela é a minha companheira, mesmo. Estimo que ter ela foi a nossa escolha e ela é nossa responsabilidade. Quando saímos de férias, deixamos com alguém profissional e de confiança. Também já deixamos de ir passar um fim de semana em algum lugar porque não tínhamos com que deixá-la. Tê-la foi uma escolha bem consciente que tirou um pouquinho da nossa liberdade, mas que também encheu a casa de amor e diversão.

9. Situação engraçada que aconteceu entre vocês.

Não consigo pensar em nada particular agora… São várias risadas todos os dias.

10. Alguns apelidos/ nome que você chama seu animal de estimação.

Porquinho. Porque quando ela corre, ela faz barulho de porco, mesmo! Hahaha. Tanto que demos um porco de plástico que grunhe (tive que pesquisar esse termo) quando é apertado.

Louca. Por razões óbvias. Ela é muito aloprada! Hahahaha.

bulldog_francês_-1

Gostaram de saber um pouquinho mais sobre a Coco? Me contem nos comentários! Não deixem de acompanhar as aventuras dela nas redes sociais, é diversão garantida!

E um lembrete: animal de estimação não é brinquedo. Pense muito antes de ter um e faça as contas! Vá a um veterinário, tire as suas dúvidas e peça conselhos antes de se comprometer. Foi o que fizemos e a profissional ficou surpresa, dizendo que seria ótimo se mais pessoas fizessem como nós. É algo simples, que pode evitar vários problemas. Seja responsável para evitar sofrimento para você e para o bichinho.

Continue Reading

TAG: 40 perguntas sobre beleza

Olha só, a primeira TAG do blog! Além de querer dar uma aliviada para compensar a carga emocional do post anterior, fiquei é sem inspiração para inventar algo em meio aos últimos preparativos do casamento. Sim, me desculpem, mas não tem como não falar disso a cada minuto! Hahaha

Mas outro assunto sobre o qual eu posso passar horas falando é beleza! Vi a tag no blog da Karol Pinheiro (de onde tirei as perguntas). Vem ver as minhas respostas!

Perguntas

1. Quantas vezes você lava o rosto por dia?

Duas: manhã e noite.

2. Qual é o seu tipo de pele?

Mista.

3. Qual é o seu creme para o rosto favorito?

O Hydradance Optimale da Avène.

4. Você esfolia o seu rosto?

Sim, uma vez por semana com a Cleanance Mask da Avène.

5. Você tem sardas?

Elas não são muito visíveis, mas tenho.

6. Usa creme para a região dos olhos?

Sim, mas ainda não encontrei um que realmente funcione. No momento estou terminando o Idéalia da Vichy.

7. Tem problemas com acne?

É o meu pior pesadelo, tipo trauma mesmo. Tomei Roacutan há quase 10 anos e hoje tenho apenas uma ou outra espinha quando tenho alergia a algum produto ou por conta da variação hormonal de cada mês.

8. Usa creme para espinha?

Não especificamente. O que eu uso são cremes que têm ingredientes com ação anti-bacteriana e anti-inflamatória.

9. Qual base você usa?

A Teint Miracle da Lancôme, cor 010 Beige Porcelaine.

10. Qual é o seu corretivo preferido?

Atualmente é o Radiant Creamy Concealer da Nars, cor Vanilla.

11. O que você acha de cílios postiços?

Gosto dos que dão apenas um pouco mais de volume.

12. Você sabia que deve mudar de máscara de cílios de 3 em 3 meses?

Saber, eu até sabia. Mas não sou praticante. Hahaha

13. Qual é a sua marca de máscara de cílios preferida?

Não sou fiel neste assunto… Ainda não achei uma favorita. Atualmente estou usando a Colossal da Maybelline e a Volume Million Lashes versão à prova d’água da L’Oréal.

14. MAC ou Sephora?

Sephora!

15. Quais são os seus acessórios de maquiagem preferidos?

Pincel para delineador e escovinha para sobrancelha. O resto a gente dá um jeito!

16. Usa primer nos olhos?

Não no dia a dia, mas sim para uma make mais elaborada. Estou amando o da linha Prep + Prime da MAC. Falei sobre ele aqui.

17. E no rosto?

Uso uma combinação de dois primers no rosto.

18. Qual é a sua sombra favorita?

Uso muito um quarteto da Givenchy, le Prisme Yeux Quatour, na cor Midnight Look (eles não fazem mais).

19. Usa delineador em gel ou líquido?

Em gel, o Aqua Black da Makeup Forever.

20. O que acha de pigmentos?

Nunca usei.

21. Qual é o seu batom preferido?

No momento é o Rouge Edition Velvet da Bourjois na cor Nude-ist.

22. E gloss?

Faz MUITO tempo que não uso gloss.

23. Qual é o seu blush preferido?

Atualmente o CORALista da Benefit.

24. Costuma comprar maquiagem no Ebay?

Não.

25. Você compra maquiagens de marcas baratas que vendem em farmácia?

Com certeza, por que não?

26. Já pensou em fazer aulas de maquiagem?

Já, mas nunca concretizei este desejo.

27. Você é desastrada na hora de se maquiar?

Até que não…

28. Qual é o crime de maquiagem que você mais odeia?

Nossa, acho que se tem algo que eu não posso ignorar é o delineado que termina no meio dos olhos. Genteee, vai até o fim! Não precisa fazer gatinho porque é difícil, mesmo, mas risca até o final do olho, poxa!

29. Maquiagem colorida ou neutra?

Neutra.

30. Qual celebridade tem a maquiagem sempre impecável?

Ultimamente tenho gostado muito das makes da Kendall Jenner quando ela está trabalhando. A Gigi Hadid também me inspira bastante.

31. Se pudesse salvar apenas um produto de maquiagem, qual seria?

Corretivo. Lápis preto. Corretivo. Lápis preto. Hahahaha

32. Sai de casa sem maquiagem?

Sim, quando vou levar a Coco para passear, por exemplo.

33. Gosta de se ver sem maquiagem?

Estou acostumada, mas me prefiro com maquiagem, por mais básica que seja.

34. Qual é a sua cor de esmalte preferida?

Preto. Não. Vermelho.

35. Seu cabelo é oleoso ou seco?

Misto.

36. Qual é a parte mais divertida de se maquiar?

Acho que é a possibilidade de fazer o que você quiser, de acordo com o seu estado de espírito. Um dia você pode dar mais destaque aos olhos e no outro pode só passar máscara de cílios e um batom vermelho poderoso. Não precisa ser sempre a mesma coisa. Pode ser, mas não precisa.

37. Qual é sua marca preferida de maquiagem?

Não tenho, gosto de várias coisas de várias marcas.

38. Você lixa as unhas?

Quando eu faço as unhas, sim. Não sou daquelas que tira uma lixa da bolsa sem necessidade (mas tenho uma para emergências!).

39. O que você pensa sobre maquiagem?

Acho que a maquiagem é uma forma expressão. Como respondi na pergunta 36, ninguém precisa ter obrigação nenhuma e deve usar aquilo com o que se sente confortável. Mas também é possível arriscar e ousar, já que nada é definitivo. Adoro não ter regras.

40. Marque alguém para responder

Vou convidar a Kaila do Minuto de Bobeira.

Temos alguns gostos ou produtos favoritos em comum? Me contem nos comentários!

Continue Reading