3 dicas para levar uma vida mais consciente

Comentei no primeiro post de 2017 que a minha única resolução para o ano novo era tomar decisões mais conscientes. Desde que escrevi isso, foi como se realmente tivesse marcado o meu cérebro com esta ideia e comecei a engolir informações, pesquisar mais e expandir os meus interesses. O que aconteceu? Entrei em crise existencial.

Foram muitas referências ao mesmo tempo sobre diversos assuntos e eu fiquei perdida. Me acalmei, (acho que) encontrei um centro novamente e resolvi compartilhar essas dicas – até comigo mesma – para que você possa fazer mudanças em sua vida e se importar com o mundo sem enlouquecer.

1- Escolha um assunto prioritário para começar

Eu deveria ter previsto isso, mas o que aconteceu foi que comecei a me preocupar com a alimentação. Depois abri os olhos para a indústria por trás do modelo fast fashion. Em seguida passei para o teste de cosméticos em animais. Isso em duas semanas. Foi aí que comecei a ter vontade de parar de viver (ok, exagero). Então a primeira dica é: se você quer mudar seus hábitos, foque em uma coisa de cada vez. Não dá para ser consistente se você está perdido(a) e sem saber o que fazer nem por onde começar.

2- Seja paciente consigo mesmo(a)

Acho este ponto particularmente importante quando falamos de alimentação. Cortar carne vermelha, por exemplo, não é nenhum sacrifício para mim porque nunca fui amante. Já abandonar aquele chocolate ao leite que só tem coisa que não presta é um martírio. Tudo bem ir aos poucos, se acostumar com outros sabores e abandonar os velhos hábitos. Dar aquela escorregada também não é nada grave.

Esta marca de cosméticos que está no seu banheiro testa em animais? Não adianta nada jogar fora, é desperdício. Preste mais atenção quando for comprar um novo. Deixou de fazer o esporte por preguiça? Levante do sofá assim que der e compense. Leve um dia de cada vez. Dizem que são necessários 21 dias consecutivos para criar um novo hábito. Ou seja, sua vida não vai mudar do dia para a noite.

3- Não imponha aos outros a sua nova visão

Quanto tempo você levou para mudar de opinião? Não espere que todo mundo esteja pronto – ou queira – ver o mundo da maneira que você o está enxergando agora. Troca de opiniões são sempre bem vindas, mas apenas se nenhuma das partes estiver na verdade mais preocupada em ganhar o argumento. Viva da maneira que lhe parecer mais justo com as suas crenças e esteja disposto a compartilhar (isso significa falar e também ouvir) conhecimentos.

Gente, este post na verdade me ajudou a organizar as ideias! Hahaha Fico feliz em poder compartilha-lo com vocês. Me contem nos comentários: como estão as resoluções de Ano Novo de vocês? (Caso tenham resolvido fazer alguma.) E se tiverem mais dicas, não deixem de compartilhar.

You may also like

3 Comments

  1. Ótimas dicas, Juh! Com certeza organizar as ideias já é um passo a mais rumo à consciência. Nesse sentido, acho a escrita uma ferramenta super importante (pra mim funciona – conforme coloco as ideias no papel, elas perdem o formato “novelo de lã” de quando estão só na mente, esvaziando a cabeça e dando mais clareza aos pensamentos). Bjo

    1. Fico feliz que tenha gostado, Fran! E é verdade, escrever, e às vezes até enumerar os tópicos principais, é uma boa ideia de deixar o assunto mais claro. Beijo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *