Numa casa onde já há a mistura das culturas e celebrações brasileiras e francesas, é de se imaginar que o nosso calendário não precise de mais nenhum complemento. Mas sempre achei o conceito do Thanksgiving (o Dia de Ação de Graças) tão importante que quero integrá-lo aos valores da minha família. Isso com o objetivo de reunir as pessoas queridas (quando possível), de cozinhar e compartilhar uma refeição gostosa (mas sem tanto exagero!) e de ter pelo menos um dia para agradecer (a Deus, ao universo, ao destino…) as graças que temos.

Para este primeiro ano, preciso admitir que esqueci que era hoje (hahaha) então vai ter que ser um Thanksgiving na base do improviso. Não vai ter preparação, jantar charmoso ou enfeites especiais. Infelizmente também vamos estar sem os nossos familiares e esse não vai ser o único ano. Porém vamos ter um ao outro e vamos agradecer por isso. Vamos apreciar sentarmos à mesa juntos e comermos tranquilamente, relembrando a nossa história, agradecendo as conquistas e fazendo planos para o futuro.

2016 ficará como sendo um ano marcado por grandes lutas e conquistas. O mestrado, o casamento e a mudança são apenas algumas delas. Temos que parar um pouco e contemplar o que fizemos. Mesmo se a realidade não é bem aquela que gostaríamos. Porque a verdade é que somos privilegiados por termos saúde, educação, estrutura e amor a nossa volta. E hoje é um dia para celebrar isso.