Pode beijar a noiva

patricia_cabotAutora: Patricia Cabot

Gênero: Romance

Editora: Essência

Número de páginas: 238

Ano da edição: 2010

Emma Van Court ignorou todas as advertências e fugiu para casar-se com Stuart, o jovem idealista que abandonou uma vida de regalos em Londres para virar cura de uma pequena paróquia na Escócia. Seis meses depois, o moço morre e seu primo, o conde James Marbury, viaja ao local remoto na esperança de recuperar o corpo. Ele então se depara com a vida rude que os dois levavam. Vida esta que Emma insiste em manter, assim como alguns detalhes misteriosos do falecimento do marido.

Uma generosa herança está destinada a Emma sob uma condição: ela precisa se casar novamente. A cláusula faz com que todos os homens solteiros da aldeia a cortejem a cada oportunidade. Diante da situação, James esquece a missão inicial e torna o bem estar da jovem viúva a sua prioridade.

Mais uma vez Patricia (que é o pseudônimo que Meg Cabot usa para escrever romances de época) encanta com uma fórmula simples: uma heroína a frente de seu tempo e um moço que tem mais qualidades do que ser rico e bonito. A história é cativante e bem ritmada, envolvente a ponto de me ter feito ficar surpresa ao ver um carro na rua. Não é o meu favorito dela (o título é d’A Dama da Ilha), mas foi uma delícia de leitura.

Quem já leu? Gostam de romances de época? Me contem o favorito de vocês nos comentários!

You may also like

1 Comment

  1. O skoob diz que eu li, mas eu não me lembro huahauhaua. Aliás, vi “Pode beijar a noiva” esses dias na livraria com uma capa diferente. Anyway, adoro os livros dela e meu favorito é “A Rosa do Inverno”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *