Nerve

nerveDireção: Ariel Schulman e Henry Joost

Elenco: Emma Roberts, Dave Franco, Emily Meade, Juliette Lewis.

Gênero: Suspense

Nacionalidade: EUA

Ano de produção: 2016

Nerve é um jogo online que faz sensação entre os jovens no momento. Quem decide jogar precisa completar tarefas que são estipuladas pelos próprios participantes e transmiti-las ao vivo para a audiência. Cada desafio completado gera uma compensação em dinheiro proporcional à dificuldade de execução. Se desistir, perde tudo. O objetivo é ter o maior número de seguidores para chegar à grande final. A tímida Vee (Emma Roberts) não tinha o mínimo interesse nesse jogo, mas após uma discussão com a amiga Sydney (Emily Meade) sobre quem aproveitava mais a vida, resolve provar que também tem atitude. Ela ganha popularidade junto à comunidade ao realizar um desafio e conhecer Ian (Dave Franco), outro jogador. O casal vira então o objeto das cada vez mais audaciosas ideias dos participantes de Nerve.

O longa é um thriller extremamente atual que leva à reflexão sobre a exposição na internet e a falta de controle dos atores que fazem parte dela. Emma e Dave formam um casal carismático e convincente apesar de estarem presos ao cliché do combo garota tímida e bad boy. Na fotografia, cores neon contrastam com o fundo escuro. A perspectiva é alternada entre o mundo real, o interior da tela do computador e a transmissão pelo celular de anônimos. O ritmo é rápido e poucas são as cenas que contém longos diálogos.

Nerve me fez pensar em Aos Treze. É um filme que os pais de hoje podem usar para educar os filhos, assim como muitos fizeram com o longa de 2013 (pelo menos a minha mãe o fez). Mas não é apenas para adolescentes. Ele serve também para todos que estão presente na internet, pois levanta questões pertinentes e atuais sobre segurança, moral e sensação de impunidade.

You may also like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *