Neste último sábado (02/07) fui passar um dia em Paris e resolvi gravar tudo para mostrar para vocês. Além disso, foi a primeira vez que andei de trem. Chega a ser engraçado como as pessoas pensam que vou a Paris quase todo dia (quem me dera!), mas a realidade é bem diferente. Então quando vou à capital ainda fico deslumbrada e aproveito ao máximo! Também tínhamos a missão de encontrar os sapatos para o noivo usar no casamento. Será que conseguimos? Assistam e me contem o que acharam desse primeiro vlog (da minha vida!).

Lista dos restaurantes

Chez Clément – 123 avenue des Champs-Elysées

Gente, o que dizer de tomar café da manhã olhando para o Arco do Triunfo?! É algo que não poderia acontecer nem nos meus sonhos. Pois saibam que apesar de toda a pompa, esse sonho é bem possível e acessível. Pedimos um café da manhã “Tradicional”, com uma bebida quente, um suco de laranja, uma baguete, um croissant e uma fruta fresca por 9€ por pessoa. Nos sustentou tanto que nem almoçamos. Um achado, né? Então guarde este endereço!

Sorveteria Louíse – (Galerie Lafayette Paris Haussman ) 40, Bd Haussmann

Apesar de ter o sabor exótico de “violeta”, não diria que o destaque dessa sorveteria seja a carta de sabores. Mas a gente não pode recusar uma pausa no ar condicionado com vista para a Torre Eiffel, né? O espaço gourmet da Galeria (6º andar) tem várias outras opções de restaurantes. Na Louíse, uma bola de sorvete custa 1,90€ e duas bolas, 3,40€.

Pret a Manger – (Galerie Lafayette Paris Haussman) 40, Bd Haussmann

Se você gosta de sanduíche natural, suco verde e smoothie de frutas, este endereço é para você. Paramos lá porque a propaganda do novo smoothie de côco chamou a minha atenção (gosto pouco). É um espaço pequeno, com opções deliciosas e carinhas. O smoothie foi 4€90.

Le Saint André – 2 rue Danton

Considero este restaurante o segundo “achado” desta viagem, junto com o café da manhã do Chez Clément. E sabe como conseguimos este endereço? Paramos uma moça que estava passeando com o cachorro na rua – imaginando que ela deveria conhecer a área (saindo da Pont des Arts) – e perguntamos se ela tinha alguma indicação. Le Saint André tem atendimento bacana (quem ainda fala bacana?!) e comida caseira. Uma das melhores porções de batatas fritas que comi na minha vida – e olha que a lista é longa! Aliás, foi a primeira vez que vi um menu com porção de batatas fritas desde que moro aqui. O salmão que pedi custou 15,60€ e mais 4,50€ das batatinhas (preços bem razoáveis). Se estiver com fome ao sair da catedral de Notre Dame ou do museu do Louvre, pare lá!